Capa » Podcast » NossoCast » NossoCast 62 – Qual o Limite do Humor?

NossoCast 62 – Qual o Limite do Humor?

NossoCast 62 – Qual o Limite do Humor?

E aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii … (censurado)!!!!!

Hoje Armando Augusto, Bill Aposentado ,Thiago Miro & Renato Pinto discutem sobre umas das perguntas
mais complexas dessa nossa geração : Qual o Limite do Humor?

Então venha ser Politicamente Correto com a Galera do NossoCast!!

Comentado na Leitura de Emails :

Comentado no Cast :

Músicas tocadas no Cast :

  • Depeche Mode – Enjoy The Silence
  • The Messenger – YouTube Audio Library
  • Klaxons – Golden Skans
  • B.O.B Feat Rivers Cuomo – Magic
  • Steve Jablonsky – The Sims 3 Main Theme
  • Chico Buarque – Cálice
  • Death From Above – You’re Woman , I’m A Machine
  • Jet – She’s a Genius
  • Fall Out Boy – I don’t Care
  • Rise Against – Black Masks and Gasoline
  • Muse – Undisclosed Desires
  • MGMT – Kids
  • Gary Clark Jr – Ain’T Messin Round
  • John Mayer – Heartbreak Warfare
  • Daft Punk feat Julian Casablancas – Instant Crush
  • Smash Mouth – Can’t Get Enough Of You Baby
  • Tidal Wave – YouTube Audio Library
  • Vitamin String Quartet – Go with Flow ( Queens of the Stone Age tribute)
  • Matanza – Ela Roubou meu caminhão
  • Luan Santana – Amar não é pecado
  • Rammstein – Pussy –> Música de Encerramento

Gostou do Nosso Programa? Não Gostou do Programa? Porque? Mande pra Gente!

Sua OPINIÃO AQUI VALE ALGUMA COISA!

Dê seu Feedback para gente!

nossocast@gmail.com ou na Aba ‘Entre em Contato’

Twitter : @NossoCast

Facebook : https://www.facebook.com/NossoCast

Google Plus : Aqui

NossoPlay : http://www.youtube.com/user/nossoplay

Feed : feed.nossocast.com.br

Itunes : http://itunes.apple.com/br/podcast/nossocast/id550484923?mt=2    (NOS AVALIE!)

Grupo do NossoCast na Steam : Venha Jogar com a gente!

Grupo NossoCast da ‘Zuera’ no Facebook : Participe Clicando Aqui !

Meme dos comentários da Semana :

vcluvu

Sobre Armando Galleni

Engenheiro químico, host, editor e idiota as vezes. Não necessariamente nessa ordem
  • Eduardo Silva

    First! Baixando Now!!!

    • Armando Galleni

      S2

  • Meu DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS

    • Armando Galleni

      Tô LIGANDO!!!!!!!!!!!!!

  • Tava aqui, redigindo o meu primeiro comentário no NossoCast. Dando a minha opinião sobre o assunto. Mais de 10 minutos digitando e corrigindo pra falar de forma simples. Mas como eu ainda uso um PC do Milhão. Essa merda travou, eu perdí o comentário. tou puto da minha cara. E me limitarei a dizer:
    Gostei bastante do episódio.
    Um forte abraço

  • Canal Replayando

    uhauauahuaha sensacional caras !!!! poderoso castiga tinha que ter um quadro fixo porra ! ABração do Replay !

    • Armando Galleni

      hahha pode deixar

  • NossoPoderoso

    Caramba como foi bacana participar! que dizer foi MAS OU MENOSS

  • Nilda Alcarinquë

    Nem tive tempo de comentar lá no ep. 61 e você já lançam um novo?
    Assim não dá, assim não pode….

    • NossoPoderoso

      É O DEMÔNIO!

      • Nilda Alcarinquë

        Nope.
        sou eu mesma.

        XP

  • Eliana Rodrigues

    Eu acho que o Castiga é o Armando. Sei lá, só acho.
    Gostei desse episódio também e, na minha opinião, existe o humor e os comentários cruéis travestidos de humor. Um humorista profissional tem que ter a liberdade de se expressar como quiser, sem censura. Se ele for inteligente, terá discernimento. No caso do Rafinha Bastos, especificamente, considero um exagero as críticas que ele recebeu. Se fosse comigo (obviamente, eu sendo famosa), eu teria relevado e não o teria processado.
    Agora, falar, por exemplo, da filha do Roberto Justus, como algumas pessoas que se dizem humoristas e alguns tabloides fizeram, para mim, não tem graça nenhuma. Pergunto-me, quão engraçado é humilhar uma pessoa e, por consequência, sua família?
    Abraços a todos!

    • NossoPoderoso

      ERRR acerto MINTIRAA não é ele não hahaha

      • Eliana Rodrigues

        Vou ouvir novamente, mas antes você pode dar uma pista?

        • NossoPoderoso

          mas ou menos mas ou menos vou conversar com o patrão haha

          • Eliana Rodrigues

            E eu vou descobrir antes que você me conte hahaha

          • NossoPoderoso

            duvido muito viu haha

          • Eliana Rodrigues

            Seria o Bill? Se não for, desisto.

          • NossoPoderoso

            nãooo nun é o Bill nãoooo o Bill é gente fina mas nun sabe me imitarr kkkk

          • Eliana Rodrigues

            Ok. Então, desisto. Beijo

          • NossoPoderoso

            bejo

        • NossoPoderoso

          é segredooooo Nun pode ser reveladoo haha! Se revelar vai ficar mas ou menos

  • Ruhan Gohan

    Gostei do programa.

    Também acho que o humor tem que ter limites. Mas acho que hoje em dia, algumas pessoas querem que esse limite seja praticamente impedir os outros de fazer qualquer tipo de piada. Também concordo que a piada pode ser ofensiva, mas se ela for boa, vai fazer você rir.

    Como já escrevi no Twitter, gostei da participação do Poderoso. Convidem ele mais vezes. (Meu palpite é que é o Renato).

    Ps.: A pronúncia correta do meu nome é Ruã.

  • Nilda Alcarinquë

    Olás!

    Pra mim o humor tem limite sim: o limite de sua época e o limite de pra quem é direcionado.
    Alguém vai se sentir ofendido com alguma piada, esquete ou charge? Sim, sempre haverá alguém ofendido e isto não é motivo para proibir algum tipo de humor. Aliás, poder ofender era o direito os antigos “bobos da corte” tinham.
    O problema é quando alguém acha que fazer humor se resume a ofender e se acha “O” humorista por isso.
    O humor pode e DEVE mostrar e extrapolar os defeitos da sociedade e com isso pode ajudar a mudar as coisas.

    Dou como exemplo disso as piadas racistas de Os Trapalhões: foi com as piadas em cima do Mussum que me dei conta, ainda criança, da existência da discriminação aos negros. Daquela época pra cá muita coisa mudou e, por isso mesmo, as piadas sobre racismo não podem mais se limitar a copiar o que era dito pelo Didi.
    Mas muita gente quer ser humorista repetindo a fórmula usada nas décadas de 70 e 80 em pleno séc. XXI.
    Um verdadeiro humorista adapta a piada para a realidade atual e pode mostrar as outras faces das discriminições que ainda ocorrem.

    Sinceramente, quem mais reclama de poder ou não fazer um tipo de piada é porque não sabe fazê-las. Piada bem contada agrada a todos, por mais racista, homofóbica e até pedófila que seja.

    Sobre o politicamente correto: estão usando-o como desculpa para fazer coisa ruim. Fazem roteiros ruins,piadas ruins e depois dizem que não fizeram nada melhor por causa do politicamente correto!
    Durante a ditadura militar havia uma censura cerrada, em que não só piadas políticas eram censuradas, e justamente por causa da censura os artistas acabavam usando a imaginação e fazendo muita coisa boa.

    Porque os humoristas atuais não usam a cabeça, imaginação e o talento pra superar seus antecessores?

    Fico por aqui.

    abraços

  • Dionelson Silva

    Humor tem de ter limite sim. Mas muitas vezes as pessoas confundem esse limite com humor de mal gosto, como o caso do Rafinha Bastos, onde na hora os colegas de bancada dele cairam na gargalhada e após a exagerada repercussão, tanto o citado Marco Luque, quanto o Marcelo Tas voltaram atrás em suas opiniões, diferentemente do que ocorreu quanto fizeram uma piada com o “grupo musical” composta das atrizes pornográficas Carol Miranda, Júlia Paes e a modelo Sabrina “Boing-Boing” as chamando de prostitutas. Ocorreu o processo por parte delas, com pedido de retratação e no programa seguinte eles repetiram a piada.
    Lembro de uma situação voltando da escola no começo dos anos 2000, em que um pessoal da mesma escola em que eu estudava, “brincava” com um colega deles negro, com piadas de cunho racista, mas onde o cara que estava sendo zoado, aparentemente levava na brincadeira. Após o rapaz descer, um passageiro do ônibus onde estavamos levantou e foi até o grupo, ameaçando-os de bater em cada um ao chegar ao terminal rodoviário devido as piadas que foram ditas.
    Sobre o humor de personagens esteriotipados citados pelo Armando, me vem a mente a entrevista dada pelo Gúri de Uruguaiana, onde ele revela ter recusado o convite para o Zorra Total pela direção querer esteriotipar o gaúcho como o machão/viado. Após saber que o personagem seria feito por outro ator, em reunião com Mauricio Scherman, ele explicou o porque ter recusado o convite, dizendo que ele não gostava da piada, que ela já estava saturada e automaticamente Scherman mandou cortar o quadro do programa.
    Também foi citado que as pessoas aceitavam/aceitam o personagem Caco Antibes, por ver o personagem e não a pessoa Miguel Falabela fazendo as piadas com cearense, domésticas e gordas. Piadas boas, mas que acarretou na saída da atriz Cláudia Gimenez do programa devido ao excesso de piadas com gordas feitas no programa.
    Piadas dos trapalhões, músicas dos Mamonas Assassinas, hoje em dia seria facilmente censuradas pelo fato de alguém se sentir ofendido com elas.
    Concluindo, só podemos fazer piadas com quem conhecemos muito bem, senão a confusão que pode surgir poderá fazer com que você fique sem humor nenhum por um bom tempo… Ótima discussão e abraços!

    • NossoPoderoso

      éeeeeeeeeeeeeeeeeeee achei seu comentário Meio Bom!! Concordo muito com você, antigamente o Humor era bom pra c#####

  • Blayder Souza

    Como que o armando vai educar o filho dá uma olhada no T- 01:04:10 .. Essa frase ficou meio confusa não !!? KKKKK